Criar uma Loja Virtual Grátis

Guia de 6 etapas para criar renda extra com produtos de informação - infoprodutos (atualização de 2021)

Você está se perguntando o que torna um GRANDE produto de informação?

Abaixo, você encontrará um guia de 6 etapas (atualizado) que o ajudará a criar produtos de informação que vendem.

Aqui está o que aprenderemos neste guia:

Como criar um produto de informação
Como lançar um produto de informação (mínimo viável)
Como promover e vender um produto de informação
O que prestar atenção ao lançar um novo produto
Temos muito o que abordar, então vamos começar.

Etapas para a criação de um produto de informação que vende

Etapa 1: Brainstorm de ideias de produtos de informação

Etapa 2: Escolha o tipo de produto de informação

Etapa # 3: Definir os elementos básicos do seu produto

Etapa 4: Validar sua ideia de produto de informação

Etapa 5: Crie e lance seu produto de informação

Etapa 6: Encontre maneiras de promover e vender seu produto de informação

Etapa 1: Brainstorm de ideias de produtos de informação

Muitos de vocês podem estar se perguntando o que é exatamente um produto de informação.

Com essa nota, vamos começar dando uma explicação simples sobre isso .

Definição do produto de informação
Um produto de informação (ou produto de informação) é qualquer produto digital que transmita conhecimento ou informação específica, no contexto de educar o usuário sobre um determinado assunto.

Construir um produto de informação não é tão fácil quanto vender informação online (e, infelizmente, é o que muitas pessoas pensam que é).

ganhar dinheiro com os infoprodutos

Agora que você sabe o que realmente é um produto de informação, vamos ver do que se trata a primeira etapa do processo.

O primeiro passo para criar um produto de informação verdadeiramente bem-sucedido é fazer um brainstorming de ideias de produto de informação.

Essas ideias não precisam ser complexas ou profundas.

Na verdade, quanto mais simples for a ideia, maiores serão as chances de sucesso do seu produto de informação.

Você pode estar se perguntando: Onde posso encontrar essas ideias?

Aqui estão algumas das maneiras melhores e mais rápidas de obter ideias de produtos de informação:

1) Dê uma olhada nos produtos de informação mais vendidos
A verdadeira questão aqui é: como criar um produto de informação que vende?

Você pode conseguir isso dando uma olhada no que já existe - dando uma olhada nos produtos de informação mais vendidos.

Por exemplo, digamos que você deseja criar um produto de informação sobre vendas.

O que você pode fazer é visitar produtos que já fazem sucesso, como a Grant Cardone University:

Os produtos de informação mais vendidos podem ser uma excelente fonte de inspiração nos primeiros estágios do processo.

Visite o máximo que puder e anote coisas como:

Proposta de valor
Modelo de preços
Mensagens
Você pode encontrar facilmente esses produtos usando a pesquisa do Google:

Por exemplo, se você deseja obter ideias de produtos de informação relacionados a vendas, pode pesquisar algo como:
Este pode ser o seu ponto de partida para fazer um brainstorming e descobrir ótimas ideias de produtos de informação.

2) Navegue pelos cursos da Udemy
Vender informações online NÃO é fácil.

Felizmente para você, outros já o fizeram.

A Udemy é um lugar onde as pessoas vão para aprender novas habilidades e adquirir conhecimento com base em seus interesses.

Para encontrar ideias para o seu produto informativo, basta inserir algumas palavras-chave na barra de pesquisa na parte superior da página:

Clique no mais relevante e comece a analisar os elementos de seu sucesso.

Isso poderia ser um produto de informação de sucesso?

Se sim, você pode adicioná-lo à sua lista.

3) Faça pesquisas com base nas autoridades em seu nicho

Como criar um produto de informação que vende?

Como Criar um Infoproduto que Vende

 

Encontre autoridades em seu nicho e veja como eles embalam seus serviços.

Para fazer isso, você pode visitar sites como Clarity.fm ou GrowthMentor.

O bom dessas plataformas é que elas podem mostrar quais habilidades estão sendo exigidas no momento.

Por exemplo, se você fizer uma pesquisa rápida, descobrirá que tudo o que tem a ver com ...

Crescimento do produto
Crescimento liderado pelo produto
Marketing de produto
… Está em alta demanda agora.

Esta pode ser uma oportunidade para o seu produto de informação.

Crie uma lista de produtos de informação
Depois de navegar na Internet por um tempo, você pode querer anotar suas idéias de produtos de informação.

Uma planilha simples aqui resolverá o problema.

Apenas anote suas ideias, pois você terá que escolher o tipo de ideia sobre a qual construirá na próxima etapa do processo.

Nota do autor: Para obter melhores resultados, certifique-se de escrever de 20 a 30 idéias de produtos de informações em geral.

Vamos passar para a próxima etapa.

Etapa 2: Escolha o tipo de seu produto de informação
Nesta segunda etapa, você precisa escolher o tipo de seu produto de informação.

Para fazer isso, você precisa saber quais são os vários tipos de produtos de informação.

Vamos dar uma olhada em alguns dos mais comuns.

Tipos de produtos de informação

Alguns dos tipos de produtos de informação mais comuns são:

E-books
Lista de verificação
Plataformas de treinamento
Cursos
Mini-graus
Fichas de trabalho
Livros Brancos
Webinars

Um equívoco comum entre muitos empreendedores e empresários online é que você só pode chamar algo de produto se tiver uma etiqueta de preço.

No entanto, isso está longe de ser preciso.

Um produto de informação também pode ser algo que você oferece gratuitamente para uma finalidade específica.

Se você navegar pelo StartBros, perceberá que oferecemos muitos produtos de informação gratuitamente para o nosso público.

Por exemplo, este é um webinar que oferecemos gratuitamente:

No momento em que as pessoas compram nosso programa de treinamento, elas extraem valor de nosso site várias vezes.

Na maioria das vezes, é isso que leva as pessoas a realizar algum tipo de ação de monetização.

Tudo se resume a isso: vender produtos de informação significa que você precisa agregar algum valor aos seus clientes em potencial antes de poder pedir-lhes que paguem pelo seu produto.

Você simplesmente não pode vender produtos de informação sem antes agregar valor.

Que tipo de produto de informação é melhor para você

Meu conselho é escolher o tipo que o faz se sentir mais confortável.

Você se sente bem na frente da câmera? Então vá em frente.

Escrever conteúdo é sua coisa? Então tente.

Você é o melhor na criação de modelos? Então não hesite.

Faça o que te faz sentir mais confortável e feliz.

No final das contas, é disso que se trata a criação de um produto de informação.

No entanto, algo que você precisa ter em mente é que as pessoas acham mais fácil consumir e comprar quando você combina diferentes tipos.

Portanto, você pode ter um produto carro-chefe, mas ainda definitivamente precisa criar outros produtos em torno dele.

Vamos passar para a próxima etapa.

Etapa # 3: Definir os elementos básicos do seu produto

Até agora, você escolheu uma ideia para o seu produto de informação entre as que você descobriu na primeira etapa.

Você também escolheu o tipo de produto informativo que vai criar.

Neste ponto, você precisa definir os elementos básicos do seu produto de informação.

Quais são esses elementos básicos?

O framework que você pode usar para defini-los é o popular Lean Canvas Framework, criado por Ash Mauyra.

O que é o Lean Canvas? De acordo com o criador Ash Maurya :

“Lean Canvas é um modelo de plano de negócios de 1 página que o ajuda a desconstruir sua ideia em suas premissas principais usando 9 blocos de construção básicos.”

Esses blocos são:

Problema
Solução
Principais Métricas
Proposta de Valor Única
Vantagem injusta
Canais
Segmentos de clientes
Fluxos de receita
Estrutura de custos

O bom dessa estrutura é que ela o ajuda a organizar suas ideias em torno do produto de informação que você vai construir.

Ao definir elementos básicos como a Estrutura de Custo e os Canais que você usará para promover seu produto, você terá uma estratégia básica em vigor.

Claro, muitas dessas coisas vão mudar conforme você avança.

No entanto, defini-los desde o início é uma ótima maneira de saber para onde você está indo.

Para entender melhor como usar a estrutura, vamos ver como seria o modelo Lean Canvas para meu programa de treinamento E-commerce Empire:

1) Problema
As pessoas querem ser financeiramente independentes, mas não podem escapar do 9-5

2) Solução
Eles podem ser financeiramente independentes tornando-se empreendedores de comércio eletrônico

3) Principais Métricas
Cursos vendidos por trimestre

4) Proposta de valor único
Lance seu primeiro produto da Amazon de sucesso e construa um negócio lucrativo de comércio eletrônico em 48 dias

5) Vantagem injusta
Eu mesmo lancei uma dúzia de empresas de comércio eletrônico de sucesso

6) Canais
Tráfego de pesquisa (orgânico)
Afiliações
Micro-comunidades amazônicas

7) Segmentos de clientes
Empreendedores que desejam ser

8) Fluxos de receita
Programa de treinamento

9) Estrutura de custos
Preço fixo com garantia de devolução do dinheiro

Fácil, certo?

Certifique-se de usar o modelo para seu próprio produto de informação.

Etapa 4: Validar sua ideia de produto de informação
A maioria das pessoas não consegue vender produtos de informação porque pula esta etapa.

Na verdade, a maioria das pessoas não sabe que a validação é uma etapa crítica para a criação de produtos digitais de sucesso.

Então, o que exatamente é validação e por que você deveria se preocupar com isso?

A validação permite que você confirme se uma ideia que você tem tem chance de ser bem-sucedida.

É também uma das etapas mais críticas ao iniciar um novo negócio .

Você está usando a validação como uma forma de determinar se o seu produto de informação será de interesse para o seu público-alvo.

Aqui está um exemplo de questão de validação para um produto de informação no Facebook:

Com esta pergunta simples, o criador do curso é capaz de identificar:

Se o curso que ele vai criar for interessante
O número de seus usuários iniciais em potencial
Os nomes e outros detalhes de seus primeiros usuários
É muito importante fazer isso para quase tudo que você cria online, antes de fazer mais investimentos e compromissos em relação a eles.

Aqui está outra pergunta de validação, novamente do mesmo profissional de marketing no Facebook:

Como você pode ver aqui, o engajamento é ainda maior.

Também mostra claramente que o criador pode avançar na criação de um estudo de caso para seu cliente, uma vez que há muitas pessoas interessadas em aprender mais sobre esse estudo de caso.

Eu acho que você entendeu.

Se você deseja vender informações online ou apenas deseja lançar um produto de informação gratuito, pergunte o que as pessoas pensam sobre isso primeiro.

O feedback que você receberá o ajudará a refinar seu produto antes de lançá-lo.

Etapa 5: Crie e lance seu produto de informação
Agora que você sabe ...

O produto que você deseja criar
Que tipo de produto vai ser
Os elementos básicos são do seu produto
Se há um público para o seu produto e quem é
… Você pode começar a construir seu produto.

Com base na minha experiência na construção e lançamento de produtos baseados em informações, algumas das coisas que você precisa prestar atenção ao criar e lançar tal produto são:

1) Torne-o acionável

O produto de informação que você vai criar deve ser acionável.

O Make é o mais simples possível, ao mesmo tempo que explica cada etapa em detalhes e ajusta sua mensagem para que não inclua palavras e jargões complexos.

Império de comércio eletrônico
Por exemplo, em meu curso, entro em detalhes e explico cada etapa que as pessoas que estão assistindo devem realizar para lançar um negócio de comércio eletrônico de sucesso.

Você precisa fazer o mesmo.

2) Fornecer exemplos da vida real e estudos de caso
O que você vai cobrir alguma vez ajudou alguém a alcançar ótimos resultados?

Certifique-se de mencionar isso em seu produto informativo.

As pessoas ADORAM estudos de caso e exemplos de sucesso de como outras pessoas fizeram o que desejam.

Pessoas que abandonaram seus empregos após o curso
No meu curso, incluo casos de pessoas que conseguiram largar o emprego depois de o fazer.

Não há melhor maneira de vender um produto de informação.

3) Peça a opinião de pessoas já bem-sucedidas em seu setor
Tenho que ser honesto aqui: pessoas de sucesso geralmente são difíceis de alcançar.

Mesmo assim, se você tiver a chance, precisará pedir feedback das autoridades do seu setor.

Eles estiveram onde você está, portanto, obter a opinião deles sobre as coisas é fundamental.

Basta enviar-lhes uma mensagem educada, pedindo que dêem uma olhada em seu produto de informação antes de se tornar público.

Acredite em mim, vale a pena.

4) Elimine a hesitação oferecendo uma avaliação gratuita ou garantia de devolução do dinheiro
Quando você vende informações online, é fácil ser mal compreendido ou mal interpretado.

Muitas pessoas pensam que comprarão seu curso e ficarão ricas da noite para o dia.

No entanto, esse não é o caso para a maioria dos produtos de informação.

Além disso, muitas outras pessoas hesitarão em dar o salto e comprar o seu produto.

Uma avaliação gratuita ou garantia de devolução do dinheiro aqui irá ajudá-lo no início.

5) Mostre aos seus compradores em potencial que tipo de suporte eles receberão após a compra do produto
Esta é a última dica que tenho para você nesta seção.

A maioria das empresas de produtos de informação bem-sucedidas oferece ótimo suporte aos clientes, mesmo depois que eles compram um de seus produtos.

Na verdade, os produtos de informação requerem suporte constante, uma vez que as pessoas que compraram o produto podem precisar de mais explicações ou mesmo consulta para alguns dos tópicos que você cobre.

Eu vi isso acontecer uma e outra vez.

Seja muito específico com o tipo de apoio que as pessoas devem esperar de você.

Etapa 6: Encontre maneiras de promover e vender seu produto de informação
Agora você tem um ótimo produto de informação.

É aqui que as coisas ficam difíceis.

Nesse ponto, você precisa sair do prédio e realmente começar a vender seu produto.

Como você pode fazer isso se nunca fez marketing ou vendas antes?

Felizmente para você, existem outras maneiras de vender seu produto de informação.

Aqui estão algumas das melhores maneiras de promovê-lo:

1) Publicidade paga (ou seja, anúncios sociais e de pesquisa)
A publicidade paga é uma das maneiras mais rápidas de apresentar seu produto de informação ao seu público-alvo.

Exemplo de anúncio do Facebook

Porém, há um problema com esse método: as pessoas se tornaram extremamente negativas no que diz respeito à publicidade.

Isso não significa que você não possa usá-lo para atingir seu público, mas lembre-se de que muitos anunciantes veem seu número de cliques diminuir devido ao cansaço dos anúncios.

2) Marketing de afiliados
O marketing de afiliados é uma ótima maneira de vender seu curso.

Simplificando, o marketing de afiliados permite que outras pessoas ou sites promovam seu produto de informação com base em comissões.

Isso significa que eles são pagos não pelo tráfego que geram, mas pelas vendas que geram.

Um dos melhores lugares para começar com o marketing de afiliados é Clickbank:

3) Parcerias
As parcerias também podem ser uma ótima maneira de promover seu produto informativo.

A lógica por trás das parcerias é fácil: você encontra empresas que têm públicos-alvo semelhantes a você e decide ajudar uns aos outros.

Para dar um exemplo de como isso funciona, deixe-me explicar como nós da StartupBros lidamos com parcerias.

Temos parcerias com empresas sérias que agregam valor ao ecossistema amazônico e têm públicos semelhantes aos nossos.

Tal negócio poderia ser uma ferramenta como o JungleScout, que é essencialmente uma solução completa para vendedores da Amazon.

Estabelecer parcerias trará tráfego altamente relevante para seu produto de informações e permitirá que você dimensione com mais rapidez.

4) Vendas diretas

Este é autoexplicativo.

Usar vendas diretas para vender um produto de informação tem duas desvantagens principais:

Não é escalável
Você precisa de pessoas para fazer isso direito
Por outro lado, interagir com as pessoas enquanto tenta vender para elas permite que você identifique seus pontos fracos e problemas e ajuste suas mensagens em torno deles.

As vendas podem ser difíceis, mas, se feitas corretamente, podem impulsionar o crescimento inicial de seu novo produto.

5) Venda social
Em seguida, você pode usar a venda social como uma forma de atrair pessoas que comprarão seu produto de informação.

A venda social é a ação de agregar valor à vida do seu cliente potencial e dar respostas às suas perguntas onde ele vive online.

Por exemplo, se quiséssemos promover nosso curso sobre a Amazônia, começaríamos respondendo a algumas perguntas no Quora:

Perguntas do Quora no Amazon FBA
Para obter o máximo dessa estratégia, você precisa descobrir onde seus clientes em potencial vivem online e tentar responder a quaisquer perguntas que eles tenham sobre o tópico que você cobre com seu produto de informação.

Aos poucos, você se estabelecerá como uma autoridade e direcionará o tráfego para seu produto informativo por meio de vários canais.

Nota do autor: tente encontrar todas as comunidades onde seus clientes em potencial vivem online e use-as para dar respostas valiosas sempre que achar relevante.

6) Construa uma comunidade em torno do seu produto
Construir uma comunidade é uma das melhores coisas que você pode fazer para gerar consciência sobre seu produto.

É também uma das melhores maneiras de manter as pessoas que já compraram um de seus produtos engajadas, para que você possa vendê-los no futuro.

Algumas ferramentas que você pode usar aqui incluem:

Grupos do Facebook
Canais do Slack
Meetups
Eventos
Tenha certeza de que essa tática, combinada com a anterior, é a melhor combinação que você pode tentar para expandir seu negócio de produtos de informação.

Vamos prosseguir para a última seção deste guia.

Agora é com você
Criar produtos de informação é mais fácil do que costumava ser.

As pessoas hoje têm todos os meios de que precisam para criar ÓTIMOS produtos em grande escala.

Por outro lado, vender produtos de informação NÃO é tão fácil como costumava ser.

Porque?

Simplesmente porque hoje em dia existem muitos deles.

No entanto, isso não significa que você não possa criar um negócio de produtos de informação de sucesso sozinho.

Afinal, agora você tem todas as ferramentas necessárias para fazer isso.

Agora eu gostaria de ouvir de você:

Qual dessas etapas você acha mais difícil? É definir os elementos básicos de seu produto de informação ou talvez vender seu produto?

Deixe-me saber, deixando um comentário abaixo!

Recursos adicionais em que você pode estar interessado:

8 coisas a considerar antes de abandonar a faculdade
Como parar de ser preguiçoso
O Guia do Overthinker para agir

Se você tiver alguma dúvida ou comentário, basta enviar um e-mail ou deixar um comentário!